Voltamos com um novo artigo do blogue. Hoje trazemos uma espécie colorida e com flores bonitas, conhecida também como cambará.

Se continuar a ler conhecerá que é, como se planta, de que cuidados necessita e que problemas pode ter durante a sua vida.

Vamos lá!

Que é a lantana?

Nome científico    Lantana
Nome comum    Lantana, camará, cambará
 Classe    Magnoliopsida
  Família    Verbenaceae
  Género    Lantana – género de arbustos e plantas perenes, apreciadas pelas cores exuberantes da sua floração.
  Origem    Regiões mais quentes da América do Sul e da América Central

A lantana é um género que abarca mais de 100 espécies de arbustos, originária das regiões mais quentes da América do Sul e da América Central.

Estes arbustos, independentemente da espécie, não costumam ultrapassar os 2 metros de altura, sendo habitual crescer até a 1 metro.

Apresenta um crescimento rápido.

Flor da Lantana 'snow white'
Flor da Lantana ‘snow white’

Quais são as suas características?

A lantana caracteriza-se por ter folhas perenes (mantêm-se sempre verdes, mesmo na época de seca), simples, rugosas, de 10 centímetros de comprimento, são ovais ou oblongas e com margem dentada (estilo serra).

Estas folhas apresentam uma espécie de “pelo” em ambas as faces da folha, são ásperas ao tato e de cor verde-escuro no lado ‘direito’ e mais claro no avesso. Além disso, emitem um aroma muito característico, comparável ao da erva-cidreira.

Quanto às flores…

Mas, se este arbusto se destaca por algo, é pelas suas belas flores. Estas crescem em corimbos muito densos, alcançam os 3 centímetros de comprimento e o seu pedúnculo pode ser de até 4 centímetros de largura.

Uma das particularidades destas flores é que mudam de tonalidade à medida que passam os dias. Ao princípio são amarelas, depois tornam-se cor de laranja e, por último, aparece a cor vermelha.

Começam a sua mudança de cor a partir do bordo exterior até ao interior da inflorescência, pelo que é muito possível que num mesmo corimbo existam flores de 3 cores diferentes. Além disso, são aromáticas!

A lantana floresce na primavera e as suas flores podem durar até ao início do outono. A sua duração dependerá dos cuidados que lhe forem proporcionados e, em maior medida, das condições de cultivo existentes.

Após terminada a floração, aparecem uma espécie de bagas de cor preta, comestíveis quando estão maduras, que contém várias sementes.

A respeito destas bagas (frutos) deve ficar a saber que estando verdes, são tóxicas, pelo que não lhe recomendamos que as ingira.

Lantana camara 'mine d'or'
Lantana camara ‘mine d’or’

Cultivo da lantana: plantação, reprodução e transplante.

Nesta secção do artigo, vamos mostrar-lhe como se planta uma lantana, como se leva a cabo a sua reprodução (mediante estacas) e como se transplanta.

Poderá verificar que são processos relativamente simples caso se façam passo a passo, com paciência e seguindo todas as indicações.

Flores Lantana camara 'feston rose'
Flores Lantana camara ‘feston rose’

Como plantar a lantana

A lantana deve ser plantada durante a primavera, uma vez terminado o período das geadas. Ao cultivá-la, pode fazê-lo diretamente na terra do jardim ou num vaso.

Um dos aspetos mais importantes ao plantar este arbusto, é que o lugar onde for plantado deve ter uma boa drenagem. Não tolera os alagamentos, pelo que a água da rega e da chuva deve circular livremente.

Para tal, faça um buraco tão profundo como o comprimento da sua planta e o dobro da largura. Depois, deite terra e regue-a.

Flores Lantana camara 'mine d'or'
Flores Lantana camara ‘mine d’or’

Reprodução da lantana

A lantana pode-se reproduzir através de sementes ou por estacas, sendo o mais simples este último método.

Vamos então mostrar como levar a cabo a reprodução da lantana.

    PASSOS A SEGUIR:
 1. Durante o verão, corte um ramo saudável de 10 centímetros, aproximadamente. Corte na diagonal, mesmo abaixo da folha.
 2. Retire as folhas inferiores e submerja a parte cortada numa hormona de enraizamento.
 3. A seguir, insira 5 centímetros da parte inferior num recipiente que contenha composto húmido. Cubra esse vaso com um saco transparente e assegure-se de que o plástico não toca nas estacas.
 4. Passado 1 mês, as estacas devem estar enraizadas. Quando as geadas tenham terminado, pode ir aclimatando estas partes às temperaturas exteriores e, finalmente, pode transplantar para o jardim.
Flores Lantana camara 'feston rose'
Flores Lantana camara ‘feston rose’

A transplantação da lantana

A lantana deve ser transplantada a cada dois anos, ao início da primavera. Para tal, há que começar com arranjar as raízes, ou seja, retirar as que se encontrem em mau estado (murchas, secas, etc).

Após ter eliminado as raízes com problemas, é o momento de a transferir para um vaso. O substrato usado tem que ser de 60% akadama e 40% areia.

Lantana tricolor
Lantana tricolor

De que cuidados necessita a lantana?

Não é uma planta que necessite de grande nível de manutenção além dos básicos (regas, adubagem ou, por exemplo, localização). Não é exigente, pelo que a sua manutenção é bastante simples e prática.

A seguir, mostramos-lhe quais são as necessidades da lantana.

Flores Lantana camara 'tangerine'
Flores Lantana camara ‘tangerine’

Localização

Ao localizar a lantana, é muito importante que tenha em conta que necessita de muito sol. A luz solar repercute-se na produção de flores (quanta mais luz, mais inflorescências).

Outro aspeto fundamental relacionado com o lugar de plantação é que deve estar resguardado do vento. Além disso, deve considerar o tamanho que o arbusto poderá alcançar.

O normal é deixar aproximadamente 80 centímetros de distância entre a lantana e as paredes, árvores ou outras plantas.

Lantana no jardim
Lantana no jardim

Regas

Regas moderadas – uma ou duas vezes por semana devem ser mais que suficientes. É uma planta que pode tolerar alguns períodos de seca, sempre e quando se encontrar resguardada do vento, que pode ressequir a terra.

Como mencionado anteriormente, a lantana não suporta alagamentos de água, pelo que é melhor regar a menos do que de demais. Uma rega excessiva pode provocar o aparecimento de fungos ou outras doenças.

Flores Lantana camara 'feston rose'
Flores Lantana camara ‘feston rose’

Adubos

Para melhorar a produção de flores e aumentar a quantidade de corimbos, deve-se aplicar um adubo específico para plantas com flores. Este adubo deve-se diluir com a água da rega. Utilize-o quinzenalmente. Comece assim que chegue a primavera.

Nos meses de mais calor (verão) não necessita de adições extra, pelo que pode parar com o fornecimento de fertilizantes.

Lantana
Lantana

Poda

Pode-se realizar uma poda de manutenção, ou dito de outro modo, retirar as áreas da planta que se encontrem em mau estado.

A melhor época para o fazer é no final do inverno, mesmo antes de começar a primavera.

E para obter uma mata de folhas mais compacta e densa, apare os ramos a dois terços da altura. Também pode apertar as pontas para estimular a ramificação.

Flores Lantana camara 'feston rose'
Flores Lantana camara ‘feston rose’

Pragas e doenças da lantana

Atualmente, existem poucas pragas e doenças que possam atacar a lantana, dado que se considera uma planta resistente. No entanto, não está isenta de sofrer as consequências derivadas de:

— Mosca-branca : inseto com duas asas, revestido com uma espécie de pó branco, com aparelho dentário de dupla função (pica e chupa) e uma das pragas mais comuns em hortos e jardins. A mosca-branca alimenta-se da seiva das folhas e segrega um melaço que pode provocar o aparecimento de fungos, bactérias e mesmo de outros insetos.

— Ácaro-vermelho : aparece no verão. Os seus efeitos veem-se a olho nu, pois, na camada superior das folhas aparecem pequenos pontos amarelos. O ataque desta praga reduz a fotossíntese da planta, o que implica uma diminuição do crescimento. Tal como a mosca-branca, alimenta-se da seiva.

— Míldio poeirento : doença que se desenvolve quando a lantana não recebe luz solar suficiente.

— Apodrecimento da raiz : as raízes começam a apodrecer quando há um excesso de água. Por isso, é muito importante que a terra tenha uma boa drenagem.

— Bolor fuliginoso : vai saber que tem esta doença quando aparecem nas folhas umas manchas negras. Este fungo aparece como consequência do ataque da mosca-branca.

Assim termina o artigo de hoje. Esperamos que lhe sirva de inspiração para decorar o seu jardim.

¡Comparte este artículo!